quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

BIFE DE VITELA DE FRICASSÉ




APRENDA A FAZER ESTE PRATO BEM FÁCIL E RÁPIDO.






INGREDIENTES:

700g de Carne de Vitela;
2 Colheres de Sopa de manteiga;
Azeite q.b.;
1 Cebola Grande;
1 Litro de Caldo de Carne Knorr;
4 gemas de Ovo;
1 Raminho de Salsa pequeno picada;
Sumo de 1 limão;
sal e pimenta do reino q.b.;
Pão torrado para decorar.

CONFECÇÃO:

Comesse por descascar a cebola e pique em pequenos pedaços e reserve.
Limpe e lave a carne, depois corte em tirinhas e por fim em cubinhos, tempere com sal e pimente e reserve.
Numa frigideira derreta a manteiga e acrescente o azeite, deixe aquecer depois junte a carne e mexa tudo para não pegar, frite a carne de forma a ficar douradinha por igual.
Com auxilio de uma escumadeira retire a carne da frigideira e reserve num recipiente.
Na frigideira que fritou a carne, junte a cebola picada e refogue por 2 minutos, depois acrescente novamente a carne, o caldo de carne e tape a frigideira, deixe cozinhar em fogo brando até ficar a seu gosto.
Numa tigela coloque as gemas, sumo de limão, salsa picada mexa tudo muito bem e ponha na carne envolvendo cuidadosamente até engrossar. 

Sirva com torradas ou arroz branco

Bom Apetite



sábado, 27 de julho de 2019

COELHO BRAVO À MODA DA TIA LÚCIA

A receita que a Tia Lúcia deixou desta iguaria consiste num singelíssimo texto.

Uma cabeça de alho, uma colher de sopa de sal, massa de tomate, uma malagueta das pequenas picantes e 125 gramas de manteiga. Pisa-se o alho, o sal e a malagueta; junta-se a manteiga e a massa de tomate, fazendo uma papa.Esfrega-se o coelho com a papa e deixa-se estar umas duas horas, podendo-se salpicar com um pouco de verdelho. Depois vai ao forno bem quente, a rosar.





INGREDIENTES:

1 Coelho;
1 Cabeça de alho;
1 Colher de sopa de sal;
Piri-piri q.b.;
125 gr de Manteiga;
2 Colheres de sopa de polpa de tomate;
Vinho Verdelho do Pico q.b,.


CONFECÇÃO:

Depois de esfolar e limpar o coelho, corte-o em pedaços de tamanho médio e reserve.
Pique os dentes de alho e pise-os, juntamente com sal e o piri-piri, num almofariz.
Junte-lhes a manteiga e a polpa de tomate e amasse e misture tudo muito bem, de forma a obter uma pasta homogénica.
Esfregue com essa pasta os pedaços de coelho, envolva-os nela e deixe-os a tomar o gosto dos temperos pelo menos por 2 horas (pode também borrifá-los, se quiser, com um pouco de vinho Verdelho).
Leve ao forno pré-aquecido a 200º C durante cerca de 15 minutos ou até alourar.
Baixe a temperatura do forno para 175º C,  mantenha por mais 45 minutos,ou até o coelho estar assado, regando o coelho, de vez em quando, com o molho.

Pode ser servido com batatas fritas, aos palitos.

PATANISCAS DE FRANGO COM MAÇÃ




Prato fácil de confeccionar e muito  proveitoso no que diz ás sobras de frango, neste caso usei esta receita numa festa de halloween .



INGREDIENTES:

200g de farinha de trigo com fermento;
1 colher de sobremesa de caril em pó;
3 ovos;
2 maçãs verdes;
150 ml de leite;
2 peitos de frango ou (sobras de frango);
sal q.b.;
pimenta moida q.b.;
1/2 ramo de salsa;
 1/2 litro de Óleo.


CONFEÇÂO:

Numa frigideira quente com um fio de azeite, fritar o frango em cubos, caso este seja fresco se for as sobras não precisa de passar na frigideira.
Depois de o frango frito, leve á picadora (1,2,3,).
Numa taça, juntar a farinha, os ovos, o caril, leite e o frango, junte o sal,salsa e pimenta a gosto, mexer tudo muito bem.

Numa frigideira com òleo bem quente, colocar colheradas do preparado (cada colherada deve ter um quadradinho de maçã) com uma colher de sopa e com a ajuda de outra colher empurrar a massa para o óleo bem quente.
Fritar de ambos os lados até ficarem douradas. Deixar a escorrer em papel absorvente á medida que vão sendo fritas.

Acompanhei este prato com puré de batata mas, fica bem com um arroz branco ou salada.

BOM APETITE



POMBOS GUISADOS À MODA DO GRACIOSA

 Na elaboração do presente texto (Carlos Fraião) segui e respeitei a receita manuscrita, em anexo, intitulada Pomba Guisada Sr. Aníbal, que a Rosa Vargas no ano passado teve a gentileza de me oferecer.
Toda a gente chamava ao Sr. Aníbal o Graciosa, precisamente por ser natural da ilha da Graciosa, da qual, com a família, veio viver e trabalhar para o Faial nos anos quarenta do século passado.
Pela mesma razão, o restaurante/tasco que fundou e que explorou na Horta durante muitos anos era também conhecido como O Graciosa, sendo famoso pelos seus petiscos, designadamente pelos pombos da rocha guisados que se celebrizaram como os Pombos do Graciosa.
O texto da receita manuscrita em anexo foi ditado à Rosa pelo próprio Graciosa ou foi redigido por ela de acordo com as instruções que o Graciosa lhe deu.
Era “a olho” que o Graciosa media os ingredientes que utilizava na confecção dos pombos, que costumava cozinhar num grande tacho, durante mais de 2 horas, até ficarem tenros e o molho estar apurado.
Por isso, depois de ter realizado a experiência culinária necessária para o efeito, só introduzi na receita do Graciosa, por razões de ordem prática, duas alterações: quantifiquei em medidas de volume ou de peso alguns dos ingredientes e substitui o tacho onde os pombos coziam durante 2 horas por uma panela de pressão onde cozem durante 40 minutos.  




Ingredientes:
- 4 pombos;                                                                                       - polpa de tomate q. b.;
- 3 colheres de sopa de banha;                                                          - sal q. b.;
- 150 g. de toucinho fumado;                                                            - 1 copo de vinho branco;
- 1 cebola grande;                                                                              - 1 colher de sopa de manteiga;
- 4 dentes de alho;                                                                             - pimenta preta em grão para moer q. b.;
- colorau q. b.;                                                                                   - 1 cálice de vinho do Porto.

Confecção:

Aloure em banha, numa frigideira, os pedacinhos de toucinho fumado e os miúdos dos pombos, sem os tostar excessivamente.
Retire e ponha a escorrer os pedacinhos de toucinho fumado e os miúdos e na mesma banha sele os pombos, virando-os de todos os lados, até ficarem muito bem corados.
Ainda na mesma banha (se necessário, junte-lhe mais um pouco de banha) refogue a cebola picada finamente e, quando começar a alourar, junte os dentes de alho esmagados, o colorau e a polpa de tomate e tempere com sal.
Adicione o vinho branco, envolva, deixe levantar fervura e mergulhe neste líquido os pombos.
Acrescente mais água, se necessário, até cobrir os pombos, e deixe cozer na panela de pressão durante 40 minutos.
Destape a panela, junte a manteiga, a pimenta e o vinho do Porto, rectifique o sal e, depois de levantar fervura, deixe cozinhar em lume brando até apurar.
Sirva em cima de fatias de pão frito em azeite e acompanhe com batatas fritas.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

LULAS RECHEADAS




Ah não sei o quê, tu queres é lula!
Claro que quero, meu! E depois de experimentares esta receita, também vais querer. 
 


INGREDIENTES:

Esta lula tinha 1,5kg +/- (nos Açores é tudo à grande), mas pode fazer com várias mais pequenas;
150g de cogumelos;
200g de bacon;
3 cebolas picadas;
350g de tomate pelado ou 5 tomates bem maduros;
3 dentes de alho;
6 colheres de azeite;
1 copo de vinho branco;
2 gemas de ovo;
salsa q.b.;
sal q.b.;
Pimenta q.b.
 
CONFEÇÂO:

Numa panela com água a ferver e temperada com sal, colocar os sacos das lulas e as cabeças e abas já limpas e separadas. Logo que os sacos das lulas estejam escaldados retirar para um prato.
Deixar cozer por mais 5 minutos as abas e as cabeças e depois retirar.
Na picadora, pique as cabeças das lulas e as abas, o bacon, bem como os cogumelos e a salsa. 
Num tacho, refogar metade da cebola em metade do azeite.
Juntar os cogumelos, bacon, lulas deixe refogar mais um bocado e depois junte a salsa  picada.
Temperar com pimenta e por fim juntar as gemas de ovo, mexer tudo muito bem e retirar.
Rechear os sacos das lulas com o preparo e fechar com palitos.
Noutro tacho, leve ao lume o restante azeite com a restante cebola, os alhos picados e deixar refogar. Junte o tomate em cubos e deixar refogar mais um pouco. Juntar as lulas recheadas e o restante recheio (caso tenha sobrado) regar com vinho branco, juntar um pouco de caldo de cozer as lulas.
Deixar cozinhar em lume brando durante 40 minutos e, se necessário, acrescentar mais caldo.

O acompanhamento deste prato pode ser feito com arroz branco ou puré de batata.
Eu acompanhei com migas de couve, que encaixou na perfeição.


domingo, 19 de agosto de 2018

MASSA DE BACALHAU





Prato ligeiro e saboroso, ótimo para um jantar quando os dias ainda não são frios, mas já pedem uma refeição mais aconchegante.





INGREDIENTES PARA 4 PESSOAS

 4 postas de bacalhau
2 tomates maduros
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 cebola
1 pimento vermelho (pequeno)
3 colheres de sopa de azeite
sal q.b.
1 folha de louro
água q.b.
Massa fusilli


PREPARAÇÃO


Cortam-se as postas de bacalhau em pequenos quadrados. Num tacho refogam-se no azeite a cebola picada com os tomates picados, a polpa de tomate, o pimento cortado em tiras fininhas e a folha de louro. Junta-se o bacalhau e mexe-se bem. Junta-se água q.b. e deixa-se cozer um pouco o bacalhau. Por fim junta-se a massa (fusilli) e sal, se necessário for. Deixa-se cozer. Rectifica-se o sal.


Acompanhei este prato com um bom vinho branco da Região Alentejana de Campo Maior, bem fresquinho. É de experimentar, vale a pena.

BOM APETITE!


sexta-feira, 23 de março de 2018

TORTILHA MISTA DE MASSA SOVADO COM TOMATES CEREJA



Uma invenção para as sobras  da Massa Sovada, o famoso pão doce dos Açores.
Desculpem-me as outras ilhas, mas a do Faial é a melhor!



INGREDIENTES:

600G de Massa Sovada;
400g de Queijo Fatiado;
400g de Fiambre Fatiado;
300g de Tomate Cereja;
1 ovo;
Leite Gordo UHT dos Açores q,b,;
300g de Queijo Ralado da Ilha de São Jorge;
Azeite q,b,;

PREPARAÇÃO:

Preparar uma massa com leite, ovo e as sobras da Massa Sovada, de forma a ficar consistente, e reservar.

Numa frigideira, regue o fundo com uns fios de azeite, e quando estiver quente sem queimar o azeite, coloque metade da massa fazendo uma base tipo base de pizza. Cubra com o queijo fatiado, o fiambre e o tomate em metades de forma a preencher a base. Tape com o resto da massa e, por fim, polvilhe com o queijo ralado. Deixe cozinhar dum lado e depois vire para cozinhar do outro lado.

Esta tortilha tem a particularidade de não ser para qualquer sistema digestivo! LOL

Delicie-se com esta receita do tipo bomba calórica faialense, e depois diga-me se pensou nas calorias quando a estava a degustar! ;)

BOM APETITE